domingo, 27 de abril de 2008

Hegemonia nas quadras e nas pistas


Na manhã deste domingo, Roger Federer e Rafael Nadal se enfrentaram na final do Máster Series de Monte Carlo. E deu o melhor do mundo.Mas quem acha que estou falando de Federer está enganado. Estou falando do espanhol Rafael Nadal. Não que Nadal tenha tomado a primeira colocação de Federer no ranking da ATP. Não. O suíço continua no topo. Mas estou falando do melhor do mundo no saibro.
Isso mesmo. Nadal confirmou a sua hegemonia nesse tipo de piso e não deu chances nem pro grande Roger Federer e entrou pra história tornando-se o primeiro tenista a conquistar o tetra campeonato em Monte Carlo. E se não bastasse, quatro vezes seguidas.

O jogo começou equilibrado, mas Nadal com mais presença no fundo de quadra e com mais segurança na aplicação dos golpes quebrou o saque de Federer em momentos importantes, fechando o jogo em 2 sets a 0. Com parciais de 7/5 e 7/5.
Em tempos de aposentadoria de Guga, a hegemonia de Nadal no saibro me faz lembrar um certo manezinho da ilha.

Além do tênis, teve também F1. No grande prêmio da Espanha, um tal de Alonso quis roubar a cena. Mas não deu pra ele. Após conseguir um inesperado segundo lugar na classificação abandonou com problemas na sua Renault. Quem garantiu mais uma foto no alto do pódio foi Kimi Raikkonen, “the iceman”. Kimi dominou todo o fim de semana e na corrida não foi diferente. Ao largar na poli se manteve nela e em nenhum momento viu seu companheiro de equipe Felipe Massa, que ultrapassou Alonso logo na largada, se aproximar. Palmas também para Lewis Hamilton. O garoto prodígio largou em quinto mais completou satisfeito o pódio da Espanha.