quinta-feira, 4 de junho de 2009

Sofreram, mas se classificaram

O Título da Copa do Brasil será disputado por Corinthians e Internacional, mas não seria nenhum absurdo se Vasco e Coritiba se enfrentassem na final.

Corinthians e Inter começaram as suas partidas valendo-se do regulamento. No primeiro jogo, Inter havia vencido o Coxa, no Beira Rio, por 3 a 1. O Corinthians, no Maracanã, havia empatado com o Vasco por 1 a 1.

Jogando no Pacaembu, o Corinthians tinha apenas a vantagem do empate sem gols. Sabendo da necessidade de balançar as redes o Vasco não se intimidou diante do favoritismo alvinegro e mostrou, durante toda a partida, que não é um time de Série B, que apenas está na Seria B. Apesar do domínio, sobretudo na segunda etapa, o time cruz-maltino não chegou ao gol e deixou a Copa do Brasil e o sonho de disputar a Libertadores sem perder nenhuma partida na competição.


Na outra semifinal, a vitória do Internacional era favas contadas. Era o melhor time do Brasil, que ainda obtinha a vantagem adquirida na primeira partida, contra o Coritiba. Nada poderia fazer o coitado do Coxa. Mas fez. Se não tirou o Inter da competição, deixou os torcedores apreensivos durante 90 minutos. Com um gol aos 29 minutos da etapa final, Ariel incendiou ainda mais a torcida e a partida. Mas apesar da pressão o Coritiba não conseguiu chegar ao segundo gol e decretou a classificação Colorada.